O que significam as dores de cabeça?

Dor-de-cabeça.jpg

As dores de cabeça são das queixas mais comuns que existem. Podem variar na intensidade, na duração, na localização e na causa e podem também significar um sem número de problemas diferentes.

Para se tratar a dor de cabeça na medicina chinesa é preciso enquadrá-la num conjunto de sintomas para que se possa perceber de onde vem e para se chegar a um diagnóstico.

Assim, se a dor for do tipo moinha e se for acompanhada por cansaço, insónia, dificuldade de concentração, diminuição da memória, fluxo menstrual reduzido, sensibilidade à luz e cara pálida, a causa pode ser um vazio de sangue. Neste caso é aconselhado dormir bem, não abusar da actividade física e intelectual e ingerir alimentos benéficos para o sangue – frutos e vegetais vermelhos, cor-de-laranja e amarelos, carne e caldos de carne vermelha e vinho tinto.

Se a dor for do tipo facada e se for acompanhada por sintomas como irritabilidade, olhos vermelhos, opressão torácica, dor nos flancos, menstruação dolorosa com coágulos e suspiros frequentes, pode estar relacionada com estagnação de energia. Aqui aconselha-se a prática de exercício físico e a ingestão de alimentos de sabor ácido (em quantidades moderadas), picante e frutas e vegetais de cor verde.

Já se a dor for do tipo sensação de peso, acompanhada por sintomas como digestão difícil, dilatação abdominal, diarreia, corpo pesado, edema, sensação de caroço na garganta e cara amarelada, a causa pode ser humidade-mucosidade. Neste caso é aconselhado evitar ambientes húmidos, alimentos fritos, açucarados, processados e a temperaturas frias e ingerir frutas e vegetais amarelos ou cor-de-laranja.

A dor de cabeça pode ter várias causas e vários significados. Estes são apenas alguns exemplos e sugestões simples para o seu tratamento. No entanto, se não se aplicar a si ou se dor já interfere significativamente no seu dia-a-dia, procure um especialista de medicina chinesa e dê uma oportunidade à acupunctura, à massagem e à fitoterapia para se sentir bem.
 

Filipa Ribeiro