Depressão no Outono

depressão_outono.jpg

Os estados depressivos podem aparecer em qualquer altura do ano motivados pelas mais diversas razões. Mas, de acordo com a Medicina Chinesa, esta altura é especialmente propícia aos sentimentos de preocupação e tristeza.

Isto acontece por estarmos na transição de duas estações importantes - o fim do Verão e o início do Outono.

O fim do Verão é a estação ligada ao Baço-pâncreas/Estômago e à preocupação. É tipicamente a altura em se começa a regressar à rotina pós-férias, onde as pequenas coisas que nos incomodam e com as quais temos dificuldade em lidar teimam em mostrar que continuam à nossa espera.

Por outro lado, o Outono é a estação do Pulmão/Intestino Grosso e da tristeza. Os dias ficam mais curtos, o tempo fica mais frio e convida-nos a recolher. Mas quando não atravessamos o fim de Verão a 100%, a tendência para nos sentirmos em baixo no Outono é maior. E ficamos sem saber muito bem o que se passa connosco, temos vontade de chorar por pequenas coisas e não nos apetece falar com ninguém.

O que fazer então? O primeiro passo é ajustar a dieta e apostar mais em alimentos de sabor doce e cor amarela/laranja para tonificar o Baço-pâncreas (cenoura, abóbora, batata-doce, damasco, pêssego, papaia, grão e mel) e de sabor picante e cor branca para tonificar o Pulmão (alho, cebola, gengibre, nabo, rabanete e pimenta branca).

E se mesmo assim não se sentir bem? A acupuntura e a fitoterapia podem ajudar - marque uma consulta de avaliação gratuita para saber como aqui.
 

Filipa Ribeiro